Dieta e psicologia: como você pode melhorar não somente seu corpo, mas a sua vida

Fazer dieta não é simples, e isso precisa ser dito desde o início, já que a dieta inclui não somente comer de forma balanceada e fazer exercícios. Se fosse somente isso, seria algo bem mais simples! Porém, mudar a forma com que nos relacionamos com a alimentação é algo que depende mais do que somente da balança. Isso em razão de uma questão chamada “compulsão alimentar”.

Embora a maior parte das pessoas esteja sujeita a episódios esporádicos de gula, a forma como eles são encarados e suas consequências podem indicar a necessidade de buscar ajuda. Ainda mais se você decide emagrecer e ser mais saudável.

A ansiedade por resultados pode gerar um desconforto e, com isso, o “ataque” à comida fica mais intenso, ocasionando o oposto do que você buscou.

Por isso, muitas vezes não basta investir na dieta, no exercício ou nas vitaminas para emagrecer, contando somente com a ajuda de um nutricionista. É preciso consultar um psicólogo. Ele poderá te ajudar a entender sua compulsão e a se livrar dela. Ansiedade também é um mal que pode te desestabilizar.

Além disso, a compulsão pode levar a vários comportamentos ruins como comer muito rápido, comer escondido, comer sem estar com fome, até causar danos mais graves como transtornos mais severos. A ajuda do psicólogo se dará na desconstrução desses problemas, para que sua dieta seja saudável, acima de tudo.

 

 

Luana Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *