Descubra a importância de se fazer vistoria veicular

Se você já comprou um carro usado ou até mesmo novo já precisou ir até a um centro veicular autorizado para fazer a vistoria ou inspeção do veículo. Mas possivelmente você ainda não sabe a importância de fazer essa vistoria. Para te dar essa resposta preparamos esse post repleto de informações.

O primeiro ponto que vamos esclarecer é a diferença entre  vistoria e inspeção:

  • Uma vistoria é feita por um profissional treinado e autorizado para avaliar um carro de forma visual se um carro está em condições de ser documentado pelo Detran, seguindo questões legais. Nesse serviço também é avaliado a documentação do veículo.
  • A inspeção é realizada também por um profissional  preparado e autorizado pelo CREA, com o uso de equipamentos necessários para esse tipo de avaliação veicular. Esse serviço é realizado em carros que foram modificados para que os mesmos tenham suas mudanças regulamentadas, isso é feito em carros que tiveram mudanças de motor, rodas, instalação de GNV entre outros.

Caso o veículo passe por um desses procedimentos e não seja autorizado para regulamentação é necessário que se corrijam os pontos levantados para aí sim, o carro ser legalizado.

Em uma vistoria é avaliado:

  • Farol alto, farol baixo, luzes piloto, luz de placa;
  • Lanternas de freio, de posição, luz de ré, acionamento das setas, acionamento intermitente de emergência;
  • Espelhos retrovisores;
  • Limpadores de para-brisa;
  • Pala interna de proteção contra o sol (parasol) do lado do condutor;
  • Funcionamento do velocímetro;
  • Buzina;
  • Para-choques dianteiro e traseiro;
  • Triângulo;
  • Extintor de incêndio (validade);
  • Estado de conservação dos pneus;
  • Funcionamento do freio de estacionamento (freio de mão);
  • Cintos de segurança: devem existir para cada ocupante do veículo;
  • Estepe e ferramentas para substituição do mesmo;
  • Emissão de gases: algumas vistorias testam a emissão de poluentes;
  • Placa: deve estar com o lacre, sem trincas e sem obstáculos na leitura da identificação;
  • Transparência dos vidros: películas muito escuras acabam não passando na vistoria sendo necessário retirá-las.

Os tipos de vistorias são:

  • De transferência veicular;
  • De Laudo veicular;
  • De vistoria em trânsito ou laudo de vistoria.

Femina Revista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *