Distúrbio de Sono: Muito mais comum do que se imagina

Nada melhor do que uma boa noite de sono para descansar, esfriar a cabeça e até mesmo esquecer os problemas. A questão é que nem todos nós conseguimos noites calmas e tranquilas de sono, muitas pessoas sofrem de distúrbios e às vezes nem sabem, por isso, listamos 5 tipos de distúrbios de sono para você se informar.

As quatro fases do sono

Fase 1: Abrange 10% da noite. Nesta fase, ocorre a transição entre a vigília e o sono, pode – se dizer que é o período de sonolência.
Fase 2: Abrange 45% da noite. Na fase 2, diminuem os ritmos cardíaco e respiratório, os músculos relaxam e a temperatura corporal baixa. Nessa fase o sono é leve e rapidamente pode-se acordar com sons e claridade.
Fase 3: Abrange 25% da noite. O corpo funciona mais lentamente e o metabolismo cai. O toque do coração e a respiração ficam mais leves.
Fase REM: Abrange 20% da noite. Esta é a fase do sono profundo. REM, em inglês, significa “Rapid Eye Movement” (movimento rápido dos olhos). Normalmente os sonhos acontecem nessa fase do sono e nosso corpo libera adrenalina. Os distúrbios são relacionadosàs dificuldades em realizar qualquer uma dessas fases de forma saudável e natural o que normalmente gera prejuízos ao corpo a curto e longo prazo.

Existem mais de 100 tipos de distúrbios de sono, que se dividem nas seguintes categorias

  • Falta de sono e dificuldade em permanecer dormindo;
  • Problemas em ficar acordado;
  • Problemas para conseguir manter uma rotina regular de sono;
  • Comportamentos incomuns durante o sono.

Os tipos mais comuns do problema são:

  • Insônia – dificuldade em começar adormir e se manter dormindo;
  • Ronco e apneia obstrutiva do sono – interrupção da respiração durante o sono;
  • Bruxismo – ato de ranger os apertar os dentes durante o sono;
  • Sonambulismo – ato de falar, andar ou sentar durante o sono (mais comum na infância);
  • Síndrome das pernas inquietas – Irreversível necessidade de mover as pernas.

Todos esses distúrbios possuem tratamento, alguns mais precisos outros mais contínuos. Para controlar a insônia, por exemplo, mudanças no seu dia-a-dia como alterar sua alimentação e praticar exercícios físicos é importante. Ronco e apneia do sono geralmente é recomendado o uso de CPAP’s, um dispositivo que controla esses transtornos. O ideal para tratar o bruxismo é buscar ajuda de um dentista, que irá identificar a orgiem do problema e consequentemente o seu tratamento.

Então é importante destacar: sempre procure um profissional médico para auxiliar em cada caso.

grupowtw

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *